16/11/2009

TIPOS DE UFOLOGIA


Desde que se iniciou o estudo ufológico, os pesquisadores e interessados pelo assunto começaram a discordar em alguns pontos de vista, ou formas de se analisar o mesmo fenômeno, assim a ufologia se dividiu em 04 segmentos de estudo.


Que o universo é cheio de informações qual ainda não conhecemos, que nossos aparelhos de pesquisa podem não serem ainda avançados o suficiente ou que tudo que concluímos em um tempo pode ser alterado por completo mais a frente é obvio. Devido esses e muitos outros pressupostos ocorreu a divisão de áreas na ufologia. A mais divulgada na mídia televisiva para gerar a polêmica tão desejada para os pontos do ibope é a ufologia casuística e a esotérica, que batem de frente com os ingredientes de provas e crenças. Para dar uma explicação mais direta sobre esses setores ufológicos, abaixo segue cada um dos 04 tipos:


Ufologia Casuística: sendo também conhecida como cientifica, busca compreender qualquer fenômeno de forma que possa ser analisada por alguma área da ciência acadêmica, sempre buscando recolher o máximo de provas possíveis através de vídeos, fotos, relatos ou rastros físicos. Os relatos de contatados (como chamam as pessoas que tiveram experiências diretas com Óvnis ou Extraterrestres) buscam captar o máximo de detalhes para descartar qualquer tipo de efeito ótico ou psicológico. As analises sempre começam com o ponto de vista de que a experiência seja um engano, não conseguindo achar qualquer farsa ela é tida como prova para futuros estudos.


Foto de máquina análogica retirada em Tatuí - SP


Ufologia Esotérica: faz uma mescla de informações espirituais de nossa atual sociedade com fatos míticos que podem ser buscados em muitas tradições antigas, com isso buscam entender e comparar o nosso estágio de espiritualidade com as dos Extraterrestres. Colocando a necessidade de evolução do humano com relação a tudo que os cerca. Mensagens Canalizadas os Psicografadas são muito utilizadas, assim como relatos de viagens astrais e transcomunicações.



Imagem canalizada de um Ser Extraterrestre


Ufologia Paracientífica: esta usa de forma unificada os dois tipos citados anteriormente (casuística e esotérica), desta maneira eles cobrem as experiências tanto de forma cientifica não se esquecendo do lado sutil do ocorrido. Os pesquisadores deste segmento acham que apenas com uma visão mais ampla e sem qualquer tipo de preconceito pode-se entender os acontecimentos, não apenas os de origem Extraterrestre, mas qualquer um que tome a forma de incógnita.



Ufologia Dimensional: este tipo de estudo já trabalha de forma a observar qualquer fenômeno de origem extraterrestre, registrando para divulgação a público. As pesquisas são feitas de forma a tirar qualquer dúvida existente sobre o assunto, além de buscar trabalhar a consciência, razão e parte energética das pessoas em geral. O grande diferencial deste segmento é que ele faz isso através de uma parceria existente, onde as pessoas entram em contato através de conversas verbais e físicas com Seres Dimensionais¹ que transmitem as informações e conhecimentos às pessoas. Segue um vídeo mostrando a interação com uma energia extraterrestre, conhecida por como plasma.

video

É através destas metodologias de análises que a ufologia se divide para buscar entender os fatos ocorridos em nosso planeta desde tempos longínquos, que podem ser encontrados em diversas obras de arte e escrita. A melhor maneira de se avaliar qualquer ocorrido sempre será o discernimento pessoal que ocorre através da informação, quanto mais buscar saber, mais lúcido estará para tirar suas próprias conclusões. Ver já não se torna tão importante quanto entender o porquê, e este cada um irá fazer de forma extremamente pessoal!

Seres Dimensionais¹ - descrição no Blog Freqüência 2, texto “Os Seres” (http://frequencia-2.blogspot.com)